dolly

Fãs do curling têm semana agitada com realização do brasileiro da modalidade

Arena Ice Brasil, a ‘casa do curling’, contribui para a divulgação do esporte

O Campeonato Brasileiro de Curling de 2022 terminou ontem (10) em São Paulo e deixou saldo positivo para a modalidade. Além de ter a primeira edição realizada no país – as anteriores ocorreram no Canadá – a disputa foi transmitida pela internet através do Canal Olímpico.

O campeonato foi precedido do maior evento de curling da América Latina, o Olympic Celebration Tour (OCT), organizado pela World Curling Federation e patrocinado pelo Global Sports Development e que contou com a participação da atleta italiana Stefania Constantini, medalha de ouro na Olimpíada de Inverno de Pequim, em 2022.

O OCT tem como objetivos promover a modalidade e o Olimpismo, uma filosofia que usa o esporte como instrumento de estímulo e de divulgação da paz, da união e do respeito por regras e adversários. O campeonato brasileiro ocorreu na Arena Ice Brasil, na zona sul da cidade de São Paulo, e foi organizado pela Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG).

O presidente da (CBDG), Matheus Figueiredo se mostrou satisfeito com os resultados. “É um prazer gigantesco depois de muitos anos de batalha ser o host desse primeiro campeonato disputado no Brasil. A gente passou por uma pandemia, que foi um obstáculo a mais, vencemos e pudemos fazer esse torneio com muito sucesso, com a presença de atletas que já representaram o Brasil em campeonatos mundiais nos últimos anos”, ressaltou.

Figueiredo também destacou o fato de uma das atletas que chegou à final ser formada ali mesmo, na Arena Ice Brasil, se referindo à vice-campeã da categoria ‘duplas mistas’, Elen Naomi Sumi.

A disputa por equipes foi acirrada, mas o campeão foi o time Marcelo Mello (Foto: Brazilian Curling Club / Divulgação)

Resultados: Nas duplas mistas, a medalha de ouro ficou com Isis Oliveira e Marcelo Mello ao vencerem Elen Naomi Sumi e Ricardo Losso por 10-5 na grande final. O terceiro lugar ficou com Fernanda Tieme e Sergio Vilela e Lenise Souza e Cláudio Alves.

Na disputa por equipes, quem levou a melhor foi a equipe formada por Gustavo Longo (coach), Arnaldo Yamashita, Sergio Vilela, Ricardo Losso e Marcelo Mello. O segundo lugar ficou com o grupo composto por Cláudio Alves, Nuno Rodrigues, Márcio Rodrigues e Felipe Pires.

Marcelo Mello e Isis Oliveira ficaram com o ouro nas duplas mistas (Foto: Marcelo Macaue / Divulgação)

*(Com informações da CBDG)